Tutorial para instalação do Red Hat Directory Server 8.2

Esta instalação tem como objetivo guiar todos os passos da instalação do RHDS de forma transparente, através dos passos a seguir veremos que este produto possui muitas vantagens em relação a uma instalação do OpenLDAP.

Para construir este tutorial foi utilizado o RHEL5, em uma máquina virtual utilizando KVM, acredito que será suficiente para qualquer instalação de RHDS.

1. Antes de tudo é necessário instalar o Java. Ele é um pré-requisito para a instalação do RHDS.

Para isto execute no terminal como root: yum install java-1.6.0-openjdk

2. Você também poderá usar a versão Java do site da Sun, no entanto teremos que editar alguns arquivos para compatibilidade de caminho de arquivos.

3. Caso escolha instalar a versão da Sun, execute primeiramente o seguinte como root: yum install xorg-x11-deprecated-libs

4. Para esta instalação fiz o download da mídia de instalação do RHDS, você também pode habilitar o canal do RHDS em seu RHN ou Satellite.

5. Monte a ISO ou CD e crie um repositório local: mkdir /DS; mount -o loop arquivo.iso /mnt/DS; cp -r /mnt/DS/* /DS/;

6. Verifique se todos os arquivos foram copiados.

7. criaremos agora nosso repositório local: vim /etc/yum.repos.d/DS.repo; Digite dentro deste arquivo:

[DS]
name=Red Hat Directory Server 8.2
baseurl=file:///DS
enabled=1
gpgcheck=0

8. Com isso criamos e habilitamos nosso repositório local do RHDS, o próximo passo será a instalação, vamos verificar se tudo está indo bem: yum repolist DS; a saída deverá parecer com a seguinte:

repo id                 repo name                                    status
DS                      Red Hat Directory Server 8.2                 enabled: 11
repolist: 11

Se o resultado for parecido com este, então estamos bem.

9. Para instalarmos o RHDS execute o seguinte comando: yum install redhat-ds;

10. Configure para que os serviços sejam iniciados junto com o SO: chkconfig –level 345 dirsrv on; chkconfig –level 345 dirsrv-admin on

11. O próximo passo será configurarmos o novo diretório, mas para isso teremos que atribuir um endereço DNS para nossa máquina ou inserirmos seu FQDN no arquivo hosts.

12. Usarei para este tutorial o seguinte nome de host: dsvm.example.com

13. Execute então o comando: setup-ds-admin.pl

14. Serão feitas algumas perguntas pelo script de configuração, responda nesta ordem:

Would you like to continue with set up? [yes]: yes

Do you agree to the license terms? [no]: yes

15. O script lhe informará que seu sistema não tem as configurações adequadas para otimização do sistema, como nosso propósito é apenas teste, responda sim para a próxima pergunta:

Would you like to continue? [no]: yes

Choose a setup type [2]: 2

Caso tenha já configurado o arquivo /etc/hosts adequadamente, o sistema recomendará todas as perguntas subsequentes:

Computer name [dsvm.example.com]:

A Red Hat recomenda que o usuário e grupo sejão os recomendados para instalação, portanto pressione enter pra as próximas duas perguntas:

System User [nobody]:

System Group [nobody]:

Do you want to register this software with an existing configuration directory server? [no]:

Configuration directory server administrator ID [admin]:

Password: <escolha uma senha>

Password (confirm):

Administration Domain [example.com]:

Directory server network port [389]:

Directory server identifier [dsvm]:

Suffix [dc=example, dc=com]:

Directory Manager DN [cn=Directory Manager]:

Password: <escolha uma senha com 8 caracteres>

Password (confirm):

Administration port [9830]:

Esta será a última pergunta, caso esteja inseguro ou tenha dúvidas, responda não para retornar, se estiver tudo certo, pressione enter:

Are you ready to set up your servers? [yes]:

16. Se a mensagem de saída for parecida com esta a instalação foi um sucesso:

Creating directory server . . .
Your new DS instance ‘dsvm’ was successfully created.
Creating the configuration directory server . . .
Beginning Admin Server creation . . .
Creating Admin Server files and directories . . .
Updating adm.conf . . .
Updating admpw . . .
Registering admin server with the configuration directory server . . .
Updating adm.conf with information from configuration directory server . . .
Updating the configuration for the httpd engine . . .
Starting admin server . . .
The admin server was successfully started.
Admin server was successfully created, configured, and started.
Exiting . . .
Log file is ‘/tmp/setup1E5zUH.log’

Continuaremos no próximo Tutorial.

Até breve.

Sobre pmjunior

Profissão: Analista de Infraestrutura Senior Cargo/Função: Arquiteto de Soluções em Infraestrutura. Certificações: RHCI, RHCSA, RHCE, RHCVA. Habilidades: Gerência de Redes, Conf. de Roteadores e Switchs, integração de Sistemas Open-source entre outros. Descrição: Dedicado atualmente a área de Gerencimento de Projetos em Infraestrutura de TI e Modelagem de Processos. Profissional Certificado em Red Hat Enterprise Linux, Engineer e Virtualization Administrator. Sólida experiência na área de redes corporativas, com atuação em Empresas de grande porte há mais de 10 anos. Capacidade de liderança, habilidade de negociação e visão estratégica. Experiência na área de Gestão como assessor, especialista em equipamentos CISCO e integração de sistemas operacionais Microsoft Windowse Linux. Atuação como palestrante em Universidades sobre Virtualização, Consolidação de Servidores e Projetos Open-source com maior foco no Projeto Fedora. Ver todos os artigos de pmjunior

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: